O que significam os três tipos de morte?

A maioria das pessoas quando pensa na morte pensa naquele momento em que a pessoa para de respirar, fica inanimada e é enterrada. Esse é um dos tipos de morte, mas é importante que conheçamos todos os três tipos relatados na Bíblia para que tenhamos uma compreensão mais completa sobre ela.

1 – A morte física

Esse é o tipo de morte mais conhecido: É quando o nosso espírito é separado do nosso corpo. Quando isso acontece nosso corpo fica inanimado e apodrece. A Bíblia nos diz que esse tipo de morte foi consequência do pecado lá no jardim do Éden “No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado;porque tu és pó e ao pó tornarás.” (Gn 3. 19). Assim, todos os descendentes de Adão e Eva passam pela morte física, o que inclui cada um de nós. “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim tambéma morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.” (Rm 5. 12).

2  – Morte espiritual

Esse tipo de morte é experimentada em vida. Mas como assim? Eu explico: Isso acontece porque essa morte significa a separação espiritual de Deus. Sim, a Bíblia considera a pessoa sem Deus, morta espiritualmente. Essa morte espiritual se dá por causa do pecado que reina em nossa vida. Sem Cristo todos estão nessa condição de morte espiritual. “Ele[Jesus Cristo]vos deu vida, estando vósmortos nos vossos delitos e pecados…” (Ef 2. 1). Como vemos no verso bíblico, todos estávamos mortos espiritualmente (separados de Deus pelo pecado). Porém, essa condição de morte pode ser mudada pela graça de Deus, mediante a fé em Cristo, que é a nossa salvação: “Porque pela graçasois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus” (Ef 2. 8). Sem receber essa graça pela fé, todos estão mortos espiritualmente diante de Deus.

3 – Morte escatológica ou morte final

Essa é a morte mais terrível e é decorrente da morte espiritual. Ela também significa uma separação espiritual de Deus, mas dessa vez uma separação eterna. Os que passarem por essa morte, que também é chamada de “segunda morte”, terão como destino final o local de tormentos eternos comumente chamado pela Bíblia de inferno e lago de fogo. “Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo.” (Ap 20. 14). Os que passarão por essa morte serão todos os não-salvos condenados pela justa justiça de Deus no último dia. “Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para ofogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.” (Mt 25. 41).

Confesso que o tema é bastante pesado, por isso, quero deixar uma palavra de esperança que nos mostra que se nos rendermos ao senhorio de Jesus Cristo, pela graça de Deus mediante a fé, somos justificados e não sofreremos a morte final, pelo contrário, gozaremos a vida eterna ao lado de Deus: “Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá…” (Jo 11. 25).

Fonte do Estudo do Blog Esboçando Ideia do Presbítero André Sanchez

Como fazer Devocional Diário?

   Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. 2 Timóteo 3:16,17

O devocional é um momento que separamos para dedicar a Deus, à nossa fé e nossa vida. É um momento que nos tiramos para ler a bíblia “Meditar” e realizar nossas orações diárias. Há quem também aproveite este tempo para ouvir  e cantar louvores, e ouvir musicas Evangélicas, com objetivo de adorar a Deus.

Quem deseja aproveitar o tempo do devocional para louvar deve escolher com antecedência qual música gospel ouvir, ou, pelo menos, deixar tudo preparado para que o louvor funcione como real arma de guerra.

Geralmente devocional e individual, ou mesmo famílias ou em grupos Cristão realizar o devocional ao mesmo tempo, o ideal é cada faça sua leitura, reflexão e suas orações.

Pense e organize-se para fazer seu devocional que edifique sua vida e pratique.

O que é um devocional diário?

Um devocional diário é aquele momento que você dedica para seu relacionamento com Deus. Normalmente, nesse momento, você lê a Bíblia, você ora, você louva, você faz reflexões sobre a Bíblia e busca meditar na Palavra de Deus.

A Bíblia ensina todas as pessoas em todos os lugares como viver, tomar decisões e agir. Ela possui princípios de espiritualidade e outros princípios que são altamente aplicáveis a vida do cristão.

Se você tem o desejo de ler e entende a Bíblia quero indicar este material Clique aqui

Como muitas pessoas não têm a facilidades para fazer um devocional diário por causa das distrações e se perdem na correria do dia-a-dia. Aqui vai algumas dicas Primeiro:

Dicas:

  1. A) De o Primeiro Passo

Isso mesmo De o Primeiro Passo, mas comece!

Sabe qual é o passo mais difícil?  Dar o Primeiro passo.

 E para você ter o hábito de fazer seu devocional diário os primeiros dias serão mais difíceis porque não hábito de fazer no mesmo horário, e as distrações fazem Você perder o foco.

Então comece devagar. Comece com 15 minutos, depois aumente para 20, quando menos espera esta fazendo 1 hora.

  1. b) Crie metas para seu devocional diário

Ao estipular metas você se mantém motivado. Você olha para trás e vê o quanto já evoluiu!

Não foque em ter metas de tempo apenas, por exemplo, “quero fazer um devocional diário de 1 hora”, tenha metas que estejam alinhadas ao seu novo hábito de meditação diária e vida devocional, mas também ao seu crescimento pessoal e ao espiritual.

Procure aplicar a mensagem devocional à sua vida com atitudes e você irá fortalecer sua vida espiritual, além de adquirir sabedoria para lidar com os desafios da vida.

Para começa você poder inicia com Salmos, Provérbios ou uns dos livros que mais gosto da Bíblia.

  1. C) Organize-se antes do Devocional

Avalie sua rotina e defina qual é o melhor horário e local para fazer seu devocional diário. Muitas pessoas preferem de manhã, outros, no final do dia e outras preferem o silêncio da madrugada.

Qual é o seu melhor momento, aquele que se sente mais disposto e tranquilo?

Qual o melhor local para seu devocional diário?

Deixe sua Bíblia e tudo o que for precisar a disposição, assim você não corre o risco de se distrair e perder tempo.

O devocional tem por objetivo nos ajudar a fortalecer nossa fé e conduta cristã. Refletimos em nossos erros e aprendemos a viver conforme a Palavra de Deus “ Bíblia.

O que você irá precisar para o seu devocional diário:

  • Uma Bíblia (você pode baixar um aplicativo, deixei algumas sugestões e links neste outro post); 

Como estudar a Bíblia?                                        

  • Caderno para anotações e caneta ou aplicativo de notas do seu smartphone; eu uso Caderno.
  • Tempo de aproximadamente 30 minutos, dependendo do capítulo e da sua velocidade de leitura; mais e o suficiente.
Como fazer devocional Diário

Aqui está uma sugestão de como você pode organizar para ter o melhor aproveitamento para fazer seu devocional diário:

Você vai iniciar  com uma leitura bíblica. Pode ser Livro que você goste mas que seja aleatório ou sequencial recomendo sequencial todos os dias. Por exemplo, comece a ler o livro de Salmos. Cada dia leia um capítulo. Medite sobre o que foi lido e faça uma oração. Você também pode ouvir uma música cristã, Louvores pré-selecionada.

Podemos resumir um devocional em:

  • Oração
  • Palavra, Versículo chave.
  • Reflexão, Leitura
  • Louvor
  • Oração:Ore, pedindo a Deus para te guiar através de Sua Palavra e te ajudar a entende texto para aplicar na sua vida.

Palavra Versículo chave: Leia o capítulo do dia e encontre o seu versículo chave.

Escreva o versículo chave que você sente que Deus está usando para te instruir na leitura.

  • Reflexão:Se pergunte: “O que Deus está me dizendo com esse versículo”?” O que Texto Bíblico ensinando”. Você pode anotar a resposta no seu caderno devocional.
  • Louvor: Como numas das dicas acima escolha louvores pré-selecionados, ou seja, de adoração de sua Escolha.

Se você ainda não tem o habito de fazer leitura diária da Palavra de Deus, ou não entender o que a Palavra diz não desista no começo também tive a mesma dificuldades, pensei em ate desisti mais olha eu aqui Diácono Adriano. Não desista! Peça ao Espírito Santo entendimento e que te guiara na sua Palavra. Se você nunca fez isso e está começando na fé cristã, a sugestão é começar pelo livro de João, lendo um capítulo por dia. Depois, leia os demais evangelhos (Mateus, Marcos e Lucas). Quando ler todos estes livros, você pode ler o resto do Novo Testamento na ordem. Amém

 

O vinho que Jesus bebia era apenas um suco de uvas ou tinha álcool?

O vinho que Jesus bebia tinha álcool?

 O texto mais famoso sobre a questão de Jesus e o vinho é a transformação da água em vinho feita por Jesus em um casamento que foi, inclusive, Seu primeiro milagre.

E, logo que o mestre-sala provou a água feita vinho (não sabendo de onde viera, se bem que o sabiam os serventes que tinham tirado a água), chamou o mestre-sala ao esposo, João 2:9  A palavra vinho destacada neste texto é a palavra grega “oinos”, que é utilizada para identificar vinho que contém álcool, um vinho fermentado.

 Observamos, por exemplo, a ordem de Paulo: E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito; Efésios 5:18 – parte entre parênteses,. Observe que Paulo usa a palavra grega “oinos” justamente para orientar que não se deve embriagar-se. Só dá para embriagar com vinho alcoólico, então fica claro, que o vinho que Jesus bebia tinha álcool. Apesar de não termos a menção clara de Jesus ter bebido vinho nesse casamento, me parece uma conclusão óbvia já que Ele transformou a água em vinho. Mas podemos ver em outros textos a indicação de que Jesus bebia vinho, pois, os fariseus o acusam de ser um bebedor de vinho (oinopotes) injustamente em Mateus 11:19.

Se o vinho que Jesus bebia tinha álcool então posso beber à vontade?

Isso quer dizer que posso toma bebida alcoólica? Não! Sabemos que era comum que os vinhos da época de Jesus fossem misturados com água. A embriaguez e proibida veementemente na Bíblia.

 Alguns comentaristas sugerem que quando o mestre-sala diz que o vinho que Jesus produziu pelo milagre era melhor que primeiro, seja uma indicação de que fosse um vinho mais puro e que, nesse caso, o primeiro vinho que havia sido servido, seria aquele vinho mais misturado com água, portanto, mais fraco, menos alcoólico, um vinho de qualidade inferior: “e lhe disse: Todos costumam pôr primeiro o bom vinho e, quando já beberam fartamente, servem o inferior; tu, porém, guardaste o bom vinho até agora” (João 2:10).

O vinho que Jesus bebeu tinha álcool, isso é fato, é importante que não usemos esse fato como uma licença para se entregar a bebedices, como se Jesus tivesse feito tal coisa. A Bíblia tem advertências claras quanto ao perigo das bebidas (Provérbios 23:29-35). A bebida na cultura judaica era vista de uma forma bem diferente do que na nossa. Em nossa cultura a bebida não é vista com bons olhos quando faz parte da vida de um servo de Deus, devemos tomar cuidado não só com a embriaguez, mas com o bom testemunho cristão, além, é claro, dos graves problemas de dependência que a bebida pode trazer.

BEBIDA FORTE

Bebida alcoólica resultante de fermentação e que pode embriagar. A bebida mencionada em Is 5.22 era feita de cevada, misturada com ESPECIARIAS. A bebida destilada (tipo pinga, rum, etc.), de elevado teor alcoólico, não era conhecida nos tempos bíblicos.

Devemos nos perguntar: vale a pena?

Lembre-se: Você e um servo de DEUS, então não manche este nome “Jesus Cristo”.

Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade. 2 Timóteo 2:15,16

Deixe seu comentário a respeito.

O QUE SIGNIFICA ESPECIARIA NA BÍBLIA?

o que significa ESPECIARIA NA BÍBLIA?

Qualquer dentre uma variedade de produtos vegetais aromáticos, incluindo aloés, bálsamo, cálamo, canela, cássia (canela-da-china), estoraque, gálbano, ládano, mirra e olíbano. Embora a Bíblia mencione também condimentos tais como cominho, hortelã, endro e sal, as palavras das línguas originais traduzidas por ‘aromas’ e “especiaria(s)” não são aplicadas a temperos alimentícios.

Especiarias eram empregadas para fabricar o óleo de santa unção e o incenso destinados exclusivamente para uso no santuário. (Êx 30:23-25, 34-37) Eram também usadas na preparação de cadáveres para o sepultamento, mencionando-se no caso de Jesus especificamente mirra e aloés. (Jo 19:39, 40; veja também Mr 16:1; Lu 23:56; 24:1.) Relacionada com o sepultamento do Rei Asa, de Judá, fez-se uma queima fúnebre extraordinariamente grande — não uma cremação, mas a queima de especiarias. (2Cr 16:14) Antigamente, especiarias eram acrescentadas a vinhos, para torná-los mais “capitosos”. — Cân 8:2.

Dicionário: ESPECIARIA

Qualquer coisa de cheiro agradável, especialmente planta, usada para dar mais sabor aos alimentos ou bebidas. O cravo, a canela, a pimenta são especiarias (Is 39.2; Ap 18.13, RA).

A “especiaria indiana” mencionada em Apocalipse 18:13 literalmente é “amomo”, um arbusto aromático da família do gengibre. 

Gostou ajude compartilhando, Lembre sua duvida poder ser de outros também.

O cristão pode ter árvore de natal?

O cristão pode ter árvore de natal?

Com a proximidade do Natal alguns  leitores questionando se haveria algum problema em o cristão ter uma árvore de natal em casa, já que muitos dizem que a árvore de natal tem uma origem pagã e tê-la em casa (dizem) seria o mesmo que estar adorando a deuses pagãos da antiguidade. Segundo relatos, algumas igrejas chegam até a proibir seus fieis de terem esse ornamento em suas casas.

Esse tipo de tema traz muitas dúvidas na mente das pessoas, principalmente pelo fato de que a Bíblia não fala diretamente sobre eles. Muitos ficariam super tranquilizados se houvesse um décimo primeiro mandamento, dizendo: “não montarás árvore de natal em casa”. Porém não existe tal orientação na Bíblia. Assim, creio que precisemos pensar um pouco na questão para chegarmos a uma opinião madura sobre o tema.

Se você quer colocar uma árvore de natal em casa, qual a sua intenção com isso?

O simples argumento de que algo foi usado por pagãos no passado não me convence de que não podemos usá-lo hoje. Isso porque os ímpios têm a capacidade de macular todo tipo de coisa em que põe a mão. Imagine, por exemplo, que os ímpios usavam o sexo (criado por Deus) em seus rituais pagãos. Então não vamos mais fazer sexo por causa dos ímpios? Os ímpios faziam cultos aos seus deuses debaixo de árvores frondosas (criadas por Deus). Não podemos então cultuar Jesus Cristo debaixo de uma bela sombra de uma árvore frondosa?

Para mim, em primeiro lugar, o que está em questão é a intenção. Com qual intenção você quer colocar uma árvore de natal em sua casa? Se houver qualquer intenção que fira algum mandamento bíblico, já está errado. Por exemplo, se você coloca essa árvore em sua casa, e com ela faz qualquer oferenda ou faz qualquer adoração que não seja ao Deus Todo Poderoso, você está pecando por isso.

Se acha que ela lhe trará prosperidade, sorte e coisas do gênero, também está no caminho errado. Porém, se você usa a árvore de natal apenas como uma decoração, sem qualquer intenção direta de infringir os mandamentos do Senhor, por que estaria errado montar essa árvore em casa? Ninguém adora um deus pagão só pelo fato de ter uma árvore de natal em casa. É preciso haver a intenção de fazer isso.

Paulo trabalhou uma questão semelhante com a igreja em Corinto. Observe o que ele disse:

 “No tocante à comida sacrificada a ídolos, sabemos que o ídolo, de si mesmo, nada é no mundo e que não há senão um só Deus. Porque, ainda que há também alguns que se chamem deuses, quer no céu ou sobre a terra, como há muitos deuses e muitos senhores, todavia, para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós também, por ele. (…) Não é a comida que nos recomendará a Deus, pois nada perderemos, se não comermos, e nada ganharemos, se comermos.” (1 Corintios 8.4-6, 8)

Ou seja, seguindo na mesma linha de raciocínio, proibir alguém de montar uma árvore de natal em casa por causa de que alguém algum dia usou esse ornamento para adorar seus deuses, (se é que isso é verdade), é um absurdo, já que Deus é quem é o Criador real de todas as coisas e não o maligno.

Ter essa árvore de natal em casa está te trazendo conflitos?

Infelizmente muitos cristãos ainda não têm amadurecimento suficiente para viver a liberdade que Cristo os deu. Na sequência do texto que citei acima, Paulo faz uma ressalva importante, que devemos considerar:

Veja: (1 Corintios 8.7-13)

Assim, penso que não devemos, por causa do desejo de ter uma árvore de natal em casa, causar brigas, discórdias, facções, escândalos e outras desinteligências. Se for para causar qualquer dessas coisas, que não agradam a Deus, melhor optar por não ter árvore de natal alguma em casa.

Não por ser pecado em si, pois como diz Paulo, “Não é a comida que nos recomendará a Deus, pois nada perderemos, se não comermos, e nada ganharemos, se comermos.”, mas visando um bem maior, que é abençoar alguém com o nosso sacrifício.

Concluindo, creio que com essa breve análise nesse texto, você possa ter embasamento suficiente para tomar a sua decisão de ter ou não uma árvore de natal em casa, sem qualquer peso na consciência e com embasamento suficiente para explicar a quem quer que seja a razão dessa sua escolha.

Na maioria dos casos não haverá problema algum em você montar sua árvore em casa. Pelo contrário, sua casa ficará mais bonita com essa ornamento! Porém, seja sábio na sua decisão para não se arrepender depois.

Pastagens retirada do Blog: https://www.esbocandoideias.com

Autor: Presbítero André Sanchez

“Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará”

“Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará”

Introdução: A revolução social que aconteceu no Brasil, no mês de junho de 2013 acordou o povo brasileiro que estava dormindo enquanto a inflação voltava e o povo se distraía com os preparativos da copa.

De repente o povo acordou e bradou pelas ruas que deseja justiça dizendo que não estamos mais “deitado eternamente em berço esplêndido”.

Vivemos em um tempo em que o comodismo e o conforto são tão almejados pelas pessoas que até mesmo as igrejas estão buscando isso. As pessoas querem ir a uma Igreja onde tenha um bom templo, com ar condicionado, poltronas confortáveis, boa música e uma palavra agradável.

Você está dormindo espiritualmente?

Vamos analisar as palavras do texto, comparando com a Parábola das 10 Virgens em Mateus 25.1-13

1- DESPERTA: “desperta, ó tu que dormes” v.14ª

Na Bíblia o sono muitas vezes é comparado com a morte (Salmos 13.3I Tessalonicenses 4.13-15). Muitas pessoas pensam que estão vivas, mas estão dormindo espiritualmente e morrerão se não acordarem a tempo.

O primeiro erro das virgens néscias foi dormir. Como poderiam dormir se estavam próximas de se casar e esperavam seu noivo? Mas elas dormiram (Mateus 25.5).

Alguns exemplos bíblicos de pessoas que foram despertadas:

Ester que estava despercebida de que seu povo pereceria, então Modecai lhe despertou (Ester 4.13,14).

Marta também estava dormindo espiritualmente embora parecesse bem acordada, mas Jesus a despertou para ouvir suas palavras (Lucas 10.40,41).

Jonas dormia no barco em meio à tempestade que ele mesmo havia provocado e foi acordado pelos marinheiros (Jonas 1.5).

Pedro, Tiago e João dormiam quando Jesus pediu que orassem e vigiassem com Ele no Getsêmani (Marcos 14.37).

O inimigo quer que a Igreja adormeça espiritualmente para pensar que está viva, mas fraca e sem forças para trabalhar. Por isso a Igreja precisa acordar.

Você está vivendo em sonolência espiritual?

Acorde enquanto há tempo!

2- LEVANTA: “levanta-te de entre os mortos” v.14b

As virgens néscias haviam se deitado e levantaram tarde demais, porque já era meia noite e não tiveram tempo de preparar suas lâmpadas (Mateus 25.6,7).

Alguns exemplos bíblicos de pessoas que Deus mandou levantar foram:
-Daniel se prostrava diante da revelação de Deus e o Senhor o mandava levantar (Daniel 10.11).
-A filha de Jairo que Jesus ressuscitou e mandou levantar (Marcos 5.41).

-O paralítico que Jesus mandou levantar e tomar o leito (Marcos 2.11) para começar a andar e trabalhar ao mesmo tempo.

-Bartimeu, o cego que queria ver Jesus deu um salto quando Jesus o mandou levantar que até perdeu a sua capa (Marcos 10.49,50).

Muitas pessoas estão dormindo sentadas porque começaram a andar no conselho dos ímpios, pararam no caminho dos pecadores e sentaram na roda dos escarnecedores (Salmos 1.1).

Não adianta acordar e ficar deitado do mesmo jeito. É preciso levantar para provar que está acordado. Uma das formas de conseguir ficar acordado muito tempo é ficando em pé. A primeira coisa que fazemos para dormir é deitar.

Você está deitado espiritualmente?

Levante-se porque o Senhor te chama!

3- ILUMINA: “Cristo te iluminará” v.14c

A luz incomoda quem está nas trevas. Jesus disse que nós somos “a luz do mundo” (Mateus 5.14) porque Ele é a luz verdadeira que nos ilumina (João 8.12). Somos como as estrelas que não têm luz própria, mas refletem a luz do sol.

As virgens néscias ficaram no escuro porque não tinham preparado o azeite necessário para iluminar sua caminhada e quando foram ver já era tarde demais (Mateus 25.8-10)

Algumas pessoas da Bíblia que receberam uma luz foram:

-Paulo no caminho de Damasco que era cego espiritual e viu uma grande luz que depois abriu os seus olhos (Atos 9.1-10).

-Pedro quando estava preso e a Igreja orava por ele, uma luz veio no meio das trevas do calabouço (Atos 12.7).

O carcereiro que prendeu Paulo e Silas, pediu uma luz e então desejou ser salvo (Atos 16.29).

A luz do dia demonstra que é tempo de trabalhar, pois “é necessário que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar (João 9.4). Então é tempo de mostrarmos a nossa luz para aqueles que estão em trevas e escuridão do pecado. Por isso não podemos esconder a nossa luz (Mateus 5.15).

Sua vida tem sido luz?

Ilumine a vida de quem está em trevas!

Acorde, levante e ilumine!

CONCLUSÃO:

É muito difícil acordar uma pessoa que não quer ser despertada. Mas quando a pessoa sabe que precisa levantar apenas um toque é necessário para isso. Não durma espiritualmente, procure ficar de pé para não adormecer e mantenha forte a sua luz.

Haverá um tempo em que as almas que estão se perdendo no mundo acordarão e buscarão sedentas pela presença de Deus em nossas igrejas. Neste momento a Igreja precisa estar preparada e bem acordada para cuidar destas vidas.

Você está bem acordado?

O que significa fogo estranho? A Bíblia Responde

O que significa fogo estranho?

E os filhos de Arão, Nadabe e Abiú, tomaram cada um o seu incensário e puseram neles fogo, e colocaram incenso sobre ele, e ofereceram fogo estranho perante o SENHOR, o que não lhes ordenara. Então saiu fogo de diante do Senhor e os consumiu; e morreram perante o Senhor. Levítico 10:1,2

Dicionário: 

ABIU Segundo filho de Arão (Ex 6.23) que foi consagrado ao sacerdócio com seus 3 irmãos Nadabe, Eleazar e Itamar (Ex 28.1; Nm 3.2; 1 Cr 24.1). Com seu irmão mais velho, Nadabe, Abiu foi com os anciãos de Israel, Moises e Arão ao cume do monte de Deus (Ex 24,1,9), Quando ele e seu irmão Nadabe ofereceram “fogo estranho” sobre o altar, foram mortos instantaneamente (Lv 10.1,2). A proibição contra o uso de bebida alcoólica relata (v. 9) levou alguns comentaristas a acreditarem que os irmãos estavam embriagados quando morreram. Eles não tiveram filhos. (Nm 3.4; 1 Cr 24.2).

Por que Nadabe e Abiú morreram perante o Senhor?

Nadabe e Abiú eram dois dos quatro filhos de Arão (Êxodo 6:23), que foram chamados por Deus para oficiarem como sacerdotes“Fazei também vir para junto de ti Arão, teu irmão, e seus filhos com ele, dentre os filhos de Israel, para me oficiarem como sacerdotes, a saber, Arão e seus filhos Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar” (Êxodo 28:1). A Bíblia narra que eles foram consagrados “ Separado para Deus” (Êxodo 30:30). Então entendemos que eles foram separados e instruídos antes de como começa a fazer o trabalho no tabernáculo.

 “Porém o incenso que fareis, segundo a composição deste, não o fareis para vós mesmos; santo será para o SENHOR” Ex 30:37. Temos também uma indicação clara de que o fogo usado para acender esse incenso deveria vir do próprio altar do incenso, que ficava dentro do lugar santo: “Tomará também, de sobre o altar, o incensário cheio de brasas de fogo, diante do SENHOR, e dois punhados de incenso aromático bem moído e o trará para dentro do véu.  Leia (Lv16:12-13).

Feitas essas observações, agora conseguiremos compreender melhor essa história. Nadabe e Abiú estavam realizando um serviço de culto a Deus e a narrativa nos diz o seguinte: “Nadabe e Abiú, filhos de Arão, tomaram cada um o seu incensário, e puseram neles fogo, e sobre este, incenso, e trouxeram fogo estranho perante a face do SENHOR, o que lhes não ordenara” (Levítico 10:1). A consequência imediata foi que saiu fogo vindo de Deus e os matou imediatamente (Levítico 10:2).

Nadabe e Abiú, os Seus incensários e o fogo estranho

O texto nos narra que Nadabe e Abiú tomaram seus incensários. Isso pode indicar que eles não usaram os incensários consagrados para o uso no tabernáculo. O fogo estranho mencionado pode nos indicar que eles podem não ter usado o incenso determinado pela lei e, além disso, terem usado um fogo que não havia sido tirado do altar. Isso mostra erros graves deles com relação às prescrições ordenadas por Deus. O trabalho parece ter sido feito de qualquer jeito, sem observar as ordens de Deus.

Por que Nadabe e Abiú agiram errados se conheciam a  Lei de Deus?

A resposta esta num texto mais adiante: Logo após a morte de Nadabe e Abiú, Deus fala a Arão sobre mais uma regra para os sacerdotes: “Falou também o SENHOR a Arão, dizendo: Vinho ou bebida forte tu e teus filhos não bebereis quando entrardes na tenda da congregação, para que não morrais; estatuto perpétuo será isso entre as vossas gerações” (Levítico 10:8-9). Então entendemos que Nadabe e Abiú estavam embrigados, ou seja, sobre o efeito de bebida forte

Por que Deus foi tão severo com Nadabe e Abiú?

A severidade de Deus pode ser compreendida pelo fato deles já terem sido orientados quanto a forma de cultuar ao Senhor no tabernáculo, por terem sido negligentes quanto ao uso da bebida alcoólica e, dessa forma, desonrarem as leis de Deus. Certamente eles também foram tomados como exemplo de que as coisas de Deus não devem ser feitas de qualquer forma. As exigências de Deus devem ser cumpridas. Além desses fatos, temos também a questão de que os líderes são mais cobrados, devido ao seu conhecimento sobre Deus e a missão que Deus deu a eles.

Resumo:

Nadabe e Abiú foram mortos por terem entrado na presença de Deus com “fogo estranho”. O que seria esse fogo? Simplesmente as suas próprias obras. O incensário devia ser aceso, usando‑se para isso brasas tiradas do próprio altar do sacrifício. Nadabe e Abiú acenderam seus incensários com fogo que eles mesmos produziram, e foram mortos. O acesso à presença de Deus só pode ser através do altar; através do sacrifício de Cristo.

Qualquer que tentar ter acesso à presença de Deus com base em suas próprias obras não subsistirá. As brasas tinham que ser tiradas do altar onde o cordeiro havia sido queimado.